Comment

LEE OLIVEIRA

Lee Oliveira é um dos fotógrafos de street style mais reconhecidos, e requisitados, dos últimos tempos. É mineiro, mora em Sidney, na Austrália, já morou em Londres, mas vive entre Nova York, Paris e Milão. Atualmente, colabora para o New York Times Fashion e fotografa moda de rua para Valentino. Mas em seu currículo tem colaborações criativas para marcas imponentes como Gucci, Net-a-Porter, Samsung International e Tod's. Também leva seu olhar para revistas como Harper's Bazaar, Vogue, Glamour, Lucky, Grazia, InStyle e muuuuuito mais. E é claro que a Anselmi também estaria nesta lista! Lee é o responsável pelo editorial de moda comemorativo aos 30 anos da marca e conduziu a equipe da Anselmi pelas ruas mais estilosas de Paris. Ficou curioso para conhecer um pouquinho mais sobre o top fotógrafo? Confira aqui o nosso bate-papo com ele: 


Revista Anselmi: O shooting para esta edição especial de aniversário foi feito em Paris. O que esta cidade tem de mais inspirador?

Lee Oliveira: "Paris é a Cidade Luz”. Tudo é maravilhoso. Para mim, é uma das cidades mais lin- das do mundo, e achei um bom complemento para a edição especial da Anselmi de aniversá- rio. Paris é uma cidade que dá muito amor. E a Anselmi abraça isso na criação de suas roupas - e repassa para quem vai usar!

Revista Anselmi: Você é um fotógrafo especializado em street style. O que mais te encanta em fotografar as pessoas na rua?

Lee Oliveira: Sou um fotógrafo que gosta de luz natural. Não só street style, mas também em vários outros trabalhos que envolvem a luz natural. O que mais me encanta na rua é ver o humor/ personalidade das pessoas através das roupas que elas estão usando. Gosto de conversar com a moda, mas sem usar palavras. Uso imagens. Este diálogo se chama fotografia!

Revista Anselmi: Qual o look que você fotografou e que não sai da sua cabeça até hoje? Uma produção que te chamou atenção por ter alguma característica forte, algum elemento novo, uma combinação inusitada...

Lee Oliveira: Lembro de fotografar umas das mulheres mais chiques do mundo: Caroline Issa, a diretora executiva de moda da revista Tank. Acho ela elegante, fina, educada, maravi- lhosa e amiga. Foi durante um inverno pesado de Nova York, em 2012. Aquele momento fica até hoje na minha memória. Sempre que vejo essa foto, lembro dos quadros de Henri Matisse.

Revista Anselmi: Qual a melhor característica no estilo de vestir das brasileiras? E o que ainda falta a brasileira aprender?

Lee Oliveira: A mulher Brasileira ainda gosta muito de roupas “apertadadas e curtas”. Acredito que seja a hora de seguir em frente e ver o que a moda realmente oferece. Muitas brasileiras ainda precisam entender o que funciona e o que não funciona no seu próprio corpo, e não apenas copiar o jeito de vestir de uma amiga ou de uma revista. O Brasil é um pais com tanta cultura e as mulheres são fabulosas... mas ainda precisam aprender a usar tudo isso a seu favor e tirar o melhor proveito da moda.

Revista Anselmi: Além de fotografar street style, você gosta de captar outras imagens? Gosta de fazer editorial de moda, fotografar paisagens?

Lee Oliveira: A fotografia de rua é uma escola master para inspiração. Não existe melhor escola no mundo do que a própria rua. Então uso essa inspiração para também fazer editoriais e campanhas com uma combinação de cultura e arte. Amo lugares lindos com muita luz, boa energia e gente bonita.

Revista Anselmi: O que você mais tem visto as fashionistas usarem ultimamente?

Lee Oliveira: A mistura de peças do verão e do inverno em um mesmo look! É arriscado, mas se a pessoa acerta, fica uma combinação maravilhosa! Em alguns trabalhos de styling uso este recurso em algumas clientes. E elas amam! 


E antes de se despedir, Lee ainda deixa um recadinho: "Foi um prazer fotografar uma edição tão especial. Parabéns pelo bom trabalho, Anselmi!". Por aqui, a gente retribui o elogio e agradece... Muito obrigado pela parceria! 

Foto 07-03-14 10 53 36.jpg

Comment

Comment

PARIS

Paris é uma festa!

Para falar sobre o encontro de moda e comportamento, tradição e contemporaneidade, qual seria o cenário perfeito? Sim, sim... Paris, claro! A cidade que reúne a criação das principais maisons de moda do mundo é inspiradora a cada esquina, cada parque, cada museu, cada café. A ponta mais forte e mais representativa do quadrilátero fashion do mundo não é apenas a terra natal de Chanel, Givenchy ou Dior. Também não é só o berço da Alta-Costura. Paris é uma cidade pulsante, que envolve, em um mesmo contexto e com a mesma força, temas amplos (e profundamente relevantes) como arquitetura, música, gastronomia, artes plásticas e bem, claro, moda!

Quer saber um pouquinho mais sobre este lugar mágico? Siga nossas dicas de lugares para ver e ser visto e aproveite o que a cidade-luz tem de melhor! 


Kong

O bar que fica no topo da loja da Kenzo, na rue du Pont-Neuf é point de fashionistas e modernos em geral. O espaço tem projeto de Philippe Starck e um terraço com cobertura de vidro e cadeiras de acrílico. O Kong já foi cenário durante a temporada francesa de "Sex and the City" e a entrada está vinculada à simpatia do RP que fica na porta. Funciona como restaurante durante o dia e como club à noite, com uma seleção top de DJs. 


Georges

O restaurante pode ser o ponto final de uma visita a um dos melhores museus da cidade, o Centre Georges Pompidou. Com uma vista privilegiada para os icônicos telhados de Paris - com direito a Torre Eifell e tudo! Se não quiser jantar, suba até lá para experimentar

o mil-folhas de frutas vermelhas. Experiência que nunca mais vai sair da sua memória! 


Costes

Restaurante com DNA parisiense mesmo, na rue Saint-Honoré, do ladinho da Colette (multimarcas mais conceitual de todas). Ou seja: perfeito para relaxar depois de bater pernas na megaloja o dia inteiro. Kate Moss é uma das clientes mais fieis e a dica é o risoto de lagostine. Sem arrependimentos! 




Le Deux Magots

Agora, para se sentir uma personagem de filme francês, não deixe de ir ao café em plena praça Saint-German de Prés. Peça uma taça de vinho rosé, um sanduíche de presunto e queijo comté e seja muito, muito feliz! 

Comment